Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Onde o mote é a fotografia e... outras eventuais peregrinações.


22
Fev14

Camélia

por Maximiliano

 

 

 

 

 

 

 

Camellia L. é um género de plantas da família Theaceae que produzem as flores conhecidas como camélia (e em algumas regiões de Portugal como japoneira). O género Camellia inclui muitas plantas ornamentais e a planta do chá.

O gênero foi descrito pelo naturalista sueco Carl von Linné em sua obra magna Species Plantarum, e assim designado em homenagem ao missionário jesuíta Georg Kamel. Algumas espécies deste gênero pertenciam ao gênero Thea, mas este epíteto foi sinonimizado com Camellia quando se observou que as Camellia e Thea não apresentavam qualquer diferença significativa entre si.

 Wikipédia, a enciclopédia livre.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:33

18
Fev14

A ver o mar em Aguda

por Maximiliano

 

 

 

 

 

 

 

A praia da Aguda é uma das mais bonitas do litoral do concelho de Gaia. Conserva um ambiente tradicional misturando pescadores, residentes e uma fiel legião de veraneantes. É acessível por estrada, por comboio ou, ainda, pela ciclovia entre o Cabedelo (Foz do Douro) e São Félix da Marinha (Espinho). Nesta praia existe o Parque de Dunas da Aguda, onde estão preservadas as plantas características do cordão de areia.

Do Site Lifecoler

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:00

09
Fev14

Estátuas do Porto

por Maximiliano

 

A Flora

Esta estátua é da autoria de Teixeira Lopes (filho) e encontra-se no Jardim João Chagas (também conhecido por Jardim da Cordoaria). Foi inaugurada em Agosto de 1904 e é constituida por uma figura de bronze - A Flora - assente num pedestal de pedra com um medalhão, também em bronze, da efígia de José Marques Loureiro, um notável horticultor.

horticultor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:47

09
Fev14

Estátuas do Porto

por Maximiliano

 

"O rapto de Ganimedes"

Ganimedes: Jovem raptado por Zeus, que se terá apaixonado por ele.
O Rapto de Ganimedes da Cidade do Porto é da autoria de Fernandes de Sá, um discípulo de Teixeira Lopes. Esta estátua encontra-se no jardim da Praça da República e foi alvo de uma menção honrosa no Salon de Paris em 1898 e no Salão da Sociedade Nacional de Belas Artes em 1902. Chegou inclusive a obter uma medalha de bronze na Exposição Universal de 1900. Representante do ecletismo do final do século XVIII, António Fernandes de Sá teve uma obra de valia irregular. O Rapto de Ganimedes conta-se entre os seus melhores trabalhos em conjunto com A Vaga (gesso) que se encontra no Museu Nacional Soares dos Reis.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:35


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados