Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Onde o mote é a fotografia e... outras eventuais peregrinações.


14
Mar18

Igreja Matriz de Valongo

por Maximiliano

DSCN6071-001.jpg

DSCN6053-001.jpg

DSCN6055-001.jpg

DSCN6056-001.jpg

DSCN6054-001.jpg

DSCN6057-001.jpg

DSCN6068 (2)-001.jpg

 

DSCN6072-001.jpg

Data de 1794 o início da construção da igreja matriz, erigida no local ocupado pela antiga, demolida por se encontrar em mau estado de conservação. Emoldurada pela serra, levou mais de meio século a concluir. A portaria do governo que autorizava a sua edificação vem assinada por D. João VI e data de 1793. No tempo das invasões francesas serviu de quartel-general às tropas invasoras. A sagração da igreja com celebração da primeira missa foi a 20 de Setembro de 1823.
Em 1837 a sua sacristia serve as primeiras reuniões camarárias do novo concelho de Valongo. Contribuíram para a construção desta igreja, as monjas do Mosteiro de S. Bento de Avé Maria do Porto e o produto do labor dos padeiros de Valongo.
As suas paredes, com mais de dois séculos já passados e apesar da sua altura superior a vinte metros ainda mantêm todo o seu prumo e alinhamento. O corpo central é coroado por um frontão triangular com a imagem de S. Mamede complementada com quatro painéis de azulejos,
representativos da vida do santo, que ladeiam as torres sineiras. O amplo pórtico de forma retangular é todo ele rematado em cantaria e encimado por três amplos janelões sendo o central ornamentado por azulejo com as armas de S. Pedro.

Entre 2009 e 2010, sofreu de uma grande intervenção a nível da cobertura e da nave, onde foram intervencionadas as pinturas as paredes laterais e abóboda. Nesta mesma altura, foi feito o restauro do órgão de tubos.

___________________________________________________________________

Texto: 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:56


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados